Ethanol summit 2011 Dias 6 e 7 junho

Patrocinadores Oficiais

Patrocinadores

Parceiro Especial

Parceiros de Mídia

Transportadora Oficial

Apoio

ABMR&A
English Version Português Version

Summit na Mídia

30/06/2011
Jornal Cana

Brasil é mercado que vale o quanto dizem

Potência na biogeração de energia e promessa futura fazem do País um mercado extremamente atraente

Wilson Lima, de São Paulo, SP

As vantagens naturais do Brasil que o qualificam uma potência mundial na biogeração de energia e, principalmente, todo o potencial que guarda para o futuro, fazem dele um mercado extremamente atraente para o investidor.

Porém, para que sua produção seja competitiva ainda há muito o que se fazer, desatando nós que vão da redução dos custos de produção, passando por melhoras na produtividade; definição de políticas públicas e necessidade de melhorias na infraestrutura. Todos estes temas foram discutidos por um time de empresários que expuseram suas ideias, questões e aspirações na plenária “Expansão e Investimentos no Setor Sucroenergético Brasileiro”, que encerrou o ciclo de debates do Ethanol Summit 2011, no dia 7 de junho nas dependências do hotel Grand Hyatt, em São Paulo.

Sob mediação do jornalista William Waack, os debatedores iniciaram a plenária com uma explanação dos projetos que já estão desenvolvendo no País. A norueguesa Umoe Bioenergia, por exemplo, está presente no País através de uma pequena unidade o Paraná, onde já investiu US$ 2,1 milhões, e estão dispostos a ampliar os investimentos. Segundo o executivo Tom Rudd, o desafio é investir em leilões de energia eólica e biomassa para geração de energia. “As regras dos leilões não são totalmente transparentes e justas, mas mesmo assim vamos investir. O Brasil é uma economia importante e o investimos porque temos perspectivas de futuro.”

Voltar
Compartilhe esta notícia: Twitter Facebook Share
Realização Copyright 2018 Ethanol Summit — Todos os direitos reservados.